Roupas de enfermagem | Saiba como escolher o jaleco certo

Roupas de enfermagem | Saiba como escolher o jaleco certo

Veja o que observar na hora de escolher roupas de enfermagem

Quem atua na área da saúde deve saber o que levar em conta na hora de escolher roupas de enfermagem para trabalhar, já que esse tipo de uniforme profissional influencia diretamente na imagem do profissional.

Afinal, além de transmitir confiança ao paciente que vai receber atendimento, também é considerado um Equipamento de Proteção Individual (EPI), de modo que sua função é proteger o trabalhador contra acidentes e diminuir as possibilidades de transmissão de germes ou bactérias e ainda está diretamente ligado à ideia de higiene e limpeza.

Por esse motivo, é muito importante obedecer às normas sobre os uniformes estabelecidos pela empresa, mantendo as roupas para enfermagem sempre passadas, limpas e sem manchas. O recomendável é que o uniforme seja confortável e bem alinhado. Se for possível, prefira os modelos de tecidos mais sofisticados, que tenham um melhor caimento e que não marquem tanto o corpo.

Mas afinal, como escolher o jaleco ideal?

O jaleco é uma das principais roupas de enfermagem utilizadas nessa área, é uma peça primordial para os plantões e atendimentos. Tanto para quem já está ingressado no mercado de trabalho quanto para aqueles que estão começando agora.

No entanto, a escolha do jaleco adequado exige atenções e recomendações especiais que devem ser avaliadas na hora da compra. Além do design e acabamento do jaleco, outros fatores devem ser levados em consideração, já que é um instrumento de proteção individual e possui algumas normas que devem ser seguidas. Veja a seguir, como escolher seu jaleco:

Medidas e tamanho

Antes mesmo de escolher o tecido e modelo das roupas de enfermagem, a primeira etapa é observar o tamanho e as medidas adequadas para o seu corpo. Deve-se verificar pontos importantes e que irão atender corretamente ao seu biotipo. Tais como:

Busto: o busto é a principal medida do corpo das mulheres e para aquelas que atuam na área da saúde, ele serve como base para o tamanho certo do jaleco. Por isso, a recomendação ao escolher roupas de enfermagem é medir a circunferência com uma fita métrica e escolher por peças que não fiquem muito justas, variando de 3 a 6 cm de busto.

Cintura: Para obter as medidas corretas da cintura, é necessário calcular a parte mais fina da barriga, um pouco acima do umbigo, no qual recomenda-se uma folga de 3 a 6 cm.

Quadril: Esta medida não é tão importante como o busto e a cintura, a menos que seu quadril seja mais largo. Para essa área, a peça possui atenções especiais na fabricação para que o deixe mais confortável entre movimentos e locomoções.

Altura: Meça sua altura com a coluna bem ereta (peça ajuda para outra pessoa). Coloque a fita métrica no início do pescoço e desça até acima dos joelhos (para mulheres) e abaixo dos joelhos (para homens). Se o jaleco ficar 5 cm mais curto ou mais longo, não fará tanta diferença.

Costas: Para obter as circunferências corretas, meça um pouco abaixo dos ombros, como na imagem. Pelo tamanho e resultados nas dimensões do busto já é possível estabelecer a compatibilidade com as costas. Até 5 cm maior, não haverá problemas no caimento do jaleco.

Manga: Toda a atenção na manga será essencial, o mais recomendável é que seja longa auxiliando na proteção do profissional. A medida deve ser tirada com o braço esticado, começando pela ponta do ombro e se estendendo até o início do polegar.

Tipos de tecidos

O jaleco ideal encontrados em roupas de enfermagem deve ser bem escolhido e é importante pensar em qual tecido ideal. Existem muitas opções, mas é preciso levar em conta alguns aspectos, como: durabilidade, conforto, estética, custo, resistência, tecidos sustentáveis e tecnologia antimicrobiana.  Os principais tecidos encontrados as roupas de enfermagem são:

Oxford: confeccionado de 100% Poliéster, é um tipo de jaleco bem resistente, não amassa fácil e não encolhe.

Oxfordine: Também conhecido como Oxford de verão, é derivado do tecido citado acima. Sua principal característica é a grande porcentagem de algodão, apresentando maior durabilidade, leveza e suavidade.

Gabardine: é um tipo de tecido que permite uma maior leveza, troca térmica e a estética mais elegante. Apresenta boa durabilidade e um excelente caimento.

Microfibra: Leve e fresco, o tecido deixa a peça muito elegante. É a escolha de muitos profissionais por conta do conforto.

Sarja de algodão: Composto 100% de algodão, o tecido possui ligamento de fios na diagonal, sendo resiliente, maleável e impermeável à sujeira.

Outros cuidados indispensáveis na hora de vestir roupas de enfermagem

Existem outros cuidados que devem ser sempre observados pelo profissional da área da enfermagem ou cuidador. São eles:

  • Roupas com decotes, transparentes, justas e curtas no horário de trabalho devem ser evitadas;
  • Blusas de alças finas não devem ser usadas;
  • Vestidos, saias, bermudas e shorts não são permitidos;
  • os cabelos das mulheres devem estar sempre bem penteados e presos. No caso dos homens, é necessário que a barba esteja feita e os cabelos cortados;
  • As unhas devem estar curtas, limpas e com esmalte claro, no caso das mulheres;
  • A maquiagem deve ser suave, sendo preciso evitar o uso de batons com cores fortes e sombras coloridas.
  • É importante saber que os profissionais não podem deixar o local de trabalho vestidos com os jalecos ou aventais usados em suas atividades laborais. Por ser considerado também um meio de transmissão de patógenos.